Custo de internação para tratar câncer de pulmão ultrapassa os 30 mil reais na rede privada

Pesquisa revela que o custo médio de uma internação decorrente de complicações no quadro clínico do câncer de pulmão é de R$ 34.904,06, sendo que a média de dias de internação por paciente é de 9,5 dias. Já para os pacientes tratados em ambiente ambulatorial o custo médio é de R$ 22.745,59.

O estudo, encomendado por uma grande indústria farmacêutica, foi apresentado no 20º Encontro Internacional do ISPOR – International Society for Pharmacoeconomics – evento mais importante do mundo em farmacoeconomia, realizado nos Estados Unidos, em maio de 2015.

Ao todo, foram analisados 9.558 pacientes com câncer de pulmão, entre novembro de 2010 e outubro de 2013, dos quais 1.286 foram hospitalizados, 6.482 receberam atendimento ambulatorial e 1.790 receberam os dois tipos de atendimento.

Aproximadamente 23% dos indivíduos que participaram do estudo forneceram informações sobre sexo e faixa etária. 54% são do sexo masculino; 46% do sexo feminino; 18,54% têm até 39 anos; 74,85% têm entre 40 e 79 anos; e 6,61% têm acima de 80 anos.

Everton de Matos Paloni, coordenador de Inteligência em Saúde da Orizon, que desenvolveu a pesquisa salienta a importância das campanhas de prevenção para o câncer de pulmão, não somente pelo seu impacto econômico nas instituições de saúde, mas também por ser o maior responsável pelas mortes por câncer no mundo, sendo responsável por 22.424 mortes no Brasil em 2011, segundo Instituto Nacional de Câncer. A última estimativa mundial apontou 1,82 milhão de novos casos de câncer de pulmão em 2012, com crescimento médio de 2% ao ano.